sexta-feira, 6 de agosto de 2010



Eu te disse, não me subestime, tinha avisado de tudo que era capaz, não sou feita de coisas boas, mas sei ser boa apenas para conseguir o que quero, eu lhe pedi que fica-se afastado e a salvo, mas como sempre todos dos quais aviso são os que mais se arriscam, odeio ver o modo como querem ver coisas incríveis em mim, coisas das quais não tenho, odeio ver o modo como sorriem quando digo uma mentira apenas para agradar-lhes, e fico rindo quando dizem que me amam e eu por pura obrigação digo "eu também", eu não sou do tipo que ama alguem, eu sou do tipo que odeia alguem ou apenas aprendo a conviver com ela, tipo como eu faço com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário